Gerioox

Ácidos graxos essenciais e Gerioox no tratamento do olho seco em cães

Gerioox

Ácidos graxos essenciais e Gerioox no tratamento do olho seco induzido por cirurgia da catarata em cães.

Izabel Carolina Raittz Cavallet, Antônio Felipe Paulino de Figueiredo Wouk

Resumo
Nesta pesquisa, objetivou-se identificar a ação de duas formulações de ômega 3 via oral em cães, apresentando epiteliopatia neurotrófica induzida por facectomia. Fizeram parte do estudo quatorze animais da raça Cocker Spaniel, portadores de luxação ou subluxação anterior bilateral do cristalino. Os animais foram divididos em grupos de sete pacientes para cada formulação, sendo que a primeira consistiu de ômega 3 de óleo de peixe e a segunda consistiu de ômega 3 associado a outros elementos (Gerioox). Os tratamentos tiveram início no quinto dia após a cirurgia e foram mantidos por sessenta dias. Foram realizadas avaliações oftálmicas no pré-operatório imediato e em seis diferentes momentos do pós-operatório. Além da oftalmoscopia direta, foi utilizado o teste lacrimal de Schirmer e o tempo de ruptura do filme lacrimal. No decorrer do tratamento, observou-se melhora do quadro clínico e recuperação em todos os animais. Houve evolução diferenciada dos parâmetros de qualidade e quantidade de lágrima entre os grupos. Uma melhora significativa (p < 0,05) nos parâmetros do segundo grupo foi verificada, sendo o tempo de recuperação deste grupo menor. Como a formulação que apresentou melhor quadro evolutivo (Gerioox) possui menores quantidades de ômega 3, substância que tem indicação reconhecida no tratamento de olho seco, evidencia-se a necessidade de novas investigações desta formulação em particular e de seus demais componentes isoladamente, além de pesquisas sobre as diferentes fontes e dosagens de ômega 3 para o tratamento do olho seco em cães. Palavras-chave: Facectomia. Olho seco. Filme lacrimal. Ômega 3. Antioxidantes.

Baixar pdf